Seja um doador de Medula

Quem nunca passou por um problema de saúde!!! Agora imagine você saber que pode salvar uma vida, pois é, você pode e é fácil, em nosso município temos uma menininha com toda vida pela frente que precisa de você, da sua ajuda, ela esta com uma doença grave mas que tem cura, só depende de uma medula compatível com a dela, ela tem LEUCEMIA.

Leucemia, vem a ser uma doença que atinge as células brancas de nosso organismo, nossas células de defesa, ela se estabelece na medula óssea, região onde são formadas essas células, o que pode suprimir a produção de células normais. A causa ainda é desconhecida, mas pode ser desencadeada por fatores genéticos e ambientais como por exemplo, exposição à radiação ou a substâncias cancerígenas.

A leucemia é o câncer mais comum em crianças, respondendo a 30% dos casos, podendo ser dividida em forma aguda e crônica, sendo a aguda a forma que ocorre o crescimento rápido de células imaturas do sangue e apresenta taxa de cura de 80% em crianças com tratamento de quimioterapia e transplante de medula óssea, e a crônica é caracterizada pelo aumento de células maduras mas anormais, acometendo pessoas mais velhas.

As manifestações clínicas da doença se dão devido à proliferação excessiva das células imaturas, atacando principalmente as amígdalas, pele baço, rins, sistema nervoso central e outros. Essa rápida proliferação impede a reprodução das células normais causando variados sintomas de acordo com o tipo da doença, e quais células são afetadas.

Se as células afetadas são os eritrócitos os sintomas serão sonolência, cansaço, fraqueza, pouca fome, palpitações, dor de cabeça, tonturas, desmaios, queda de cabelos e palidez.

Se as células afetadas forem as plaquetas os sintomas serão hematomas, pintas pelo corpo e dentro da boca, sangramento gengival, menstruação excessiva e algumas vezes sangue nas fezes.

Se as células afetadas forem os neutrófilos os sintomas serão infecções frequentes, língua machucada, aftas, febre, algumas vezes suor excessivo a noite e alargamento do baço e fígado.

Normalmente esses sintomas aparecem em tríade, ou seja, um sintoma de cada síndrome, por exemplo: uma pessoa pode apresentar sonolência, manchas roxas e febre.

O tratamento consiste em destruir as células leucêmicas para que a medula óssea volte a produzir células normais através de medicamentos (quimioterapia) e em alguns casos o transplante de medula, mas infelizmente 60% dos pacientes não encontram doador na família e precisam buscar um doador compatível cadastrado no registro nacional de doadores de medula óssea.

Se você tem entre 18 e 55 anos faça seu cadastro no posto de saúde, são com pequenos gestos que construímos um mundo melhor, não há dinheiro que pague em saber que você foi o doador, que salvou uma vida. A menina Isabelly esta esperando por você, faça por ela, faça por seus filhos!!!!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected by WP Anti Spam