Tribuna da Notícia

O Seu Jornal na Internet!

TÉRMINO DA COLHEITA DE TOMATE EM RESERVA-PR

sergio-ouchi-3005

Chegou ao final a 2º safra de Tomate do município de Reserva.  O plantio que foi efetuado entre final de dezembro de 2013 e janeiro de 2014, enfrentou problemas relacionados ao clima, pragas e doenças. Mesmo os produtores aplicando tecnicamente os defensivos para combater as pragas e doenças, não houve efetivamente um controle eficiente, o que reduziu drasticamente a produtividade nas lavouras de Tomate de um modo geral! Portanto, foi uma safra muito difícil para os produtores, onde os custos vem aumentando a cada safra, e, mesmo com os preços do fruto colhido serem altos em determinados períodos, o retorno financeiro tem sido bem exprimido para os agricultores. Muitas vezes no período da safra a dona de casa ou o consumidor vai na gôndola do supermercado e olha os preços por quilo bem acima do normal, deduzem que os produtores estão obtendo lucros exorbitantes. Porém, não chega a informação correta ao consumidor e a mídia, de que os preços oscilam muito, e que na verdade a partir do início da colheita até chegar no final, os preços pagos aos produtores oscilam de acordo com o mercado, e que no final a média dos preços que os produtores recebem fica bem abaixo daquele que o consumidor imagina. Vimos em alguns momentos o tomate ser pago a R$ 60,00 até R$ 70,00 a caixa de 25 Kg, porém em outros momentos os produtores recebiam apenas R$ 20,00 e que na média final, o preço recebido resultava em R$ 30,00 a caixa de 25 Kg. Diante desse cenário os Tomaticultores resistem no plantio de 02 safras contando sempre com a falta de produto no mercado, consequência esta da frustração de safra em outros estados produtores, para que os preços compensem a baixa produtividade obtida na safras aqui de Reserva-PR.

Engenheiro Agrônomo- Sergio Fumio Ouchi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected by WP Anti Spam