Tribuna da Notícia

O Seu Jornal na Internet!

Ponta Grossa será sede de evento nacional de corrida com obstáculos

Evento catarinense, Treme Terra Race este ano terá como cenário as belezas naturais de Ponta Grossa, no Paraná

Assessoria Cavali Pró Eventos

Cinco quilômetros, 20 obstáculos. Competição ou diversão? O desafio e a escolha é de quem participar do primeiro evento dessa modalidade em Ponta Grossa, no interior do Paraná, localizada a 100 quilômetros da capital Curitiba.  A corrida com obstáculos, Treme Terra Race que acontece tradicionalmente em Santa Catarina e já contabiliza oito edições, este ano terá como cenários as belas paisagens da Região dos Campos Gerais. Mais de mil atletas devem participar do evento, que tem apoio da Lei de Incentivo a Eventos Geradores de Fluxo Turístico de Ponta Grossa.

A realização é da Cavali Pró Eventos, que há cinco anos promove eventos esportivos e de turismo de aventura em Ponta Grossa.  O primeiro lote de inscrições para o Treme Terra Race está aberto com preço promocional de R$ 100 para a categoria Competição e R$ 80 para a categoria Diversão. Esses valores são válidos até o dia 30 de setembro, e as inscrições são pelo site www.cavaliproeventos.com.br. Grupos com mais de 10 inscritos tem desconto. “O cupom de desconto deve ser solicitado antes das inscrições, diretamente com a organização do evento pelo email cavaliproeventos@hotmail.com, ou pelo fone (42) 98811-1100”, explica Denise Martins, uma das organizadoras.

“As expectativas são as melhores, a estimativa é de mais de mil atletas, em uma realização inédita em terras paranaenses, e o cenário escolhido é de Ponta Grossa, onde tem belas cachoeiras, turismo de lazer e aventura e que além de promover o esporte, o objetivo é ainda mostrar que a cidade tem estrutura, opções de passeios, diversidade gastronômica e de hotelaria, para receber muito bem o atleta e seus familiares”, descreve Kleber Cavali, um dos proprietários da empresa responsável pelo evento em Ponta Grossa.

A corrida de obstáculos é inspirada em modelos de treinamentos militares. “É uma prova que exige grande resistência, força, coordenação motora e explosão muscular, pois apresenta desafios muito superiores às corridas normais. O atleta precisa cruzar barreiras de água, escalar paredões e cordas, rastejar por baixo de arame farpado e correr na lama, toda essa adrenalina ainda sendo cronometrada. Mais do que superar os próprios limites, o desafio em meio natural encanta, instiga, traz emoção, revigora”, detalha Alexyan Cavali, proprietário da Cavali Pró Eventos e da franquia Treme Terra em Ponta Grossa.  A idade mínima para participação é de 16 anos de idade, sendo que os menores de 18 anos precisam de autorização dos pais ou responsáveis.

Além de promover o esporte radical, de forma inédita em Ponta Grossa, o objetivo também é envolver participantes de outras cidades e estados na programação turística local. “Há parcerias com empresas de turismo receptivo e com setor gastronômico e hoteleiro para incentivar que os participantes permaneçam na cidade, conheçam os atrativos turísticos e roteiros já consagrados da região”, lembra Alexyan.

Sobre o Botuquara

O Recanto Botuquara é uma área de lazer situada numa das mais belas regiões de Ponta Grossa, que é o Distrito Rural de Itaiacoca. Oferece como possibilidade de atividades: piscinas naturais, toboágua, lago para pesca e pedalinhos, trilhas na mata nativa, campo de futebol de areia, churrasqueiras, além de camping e outras atrações.

O local tem área de camping, para os mais aventureiros, e ainda fica próximo a outros pontos turísticos da cidade, como o Capão da Onça, o Buraco do Padre e Fenda da Freira, a Cachoeira da Mariquinha, Furnas Gêmeas e Furna Grande, que proporcionam belas paisagens no Refúgio das Curucacas, que são atrativos na mesma região do Distrito Itaiacoca e ainda região privilegiada, também na gastronomia, com opções de cafés e almoços rurais, em propriedades particulares com estruturas para receber visitantes.

Ainda há outros atrativos turísticos na cidade, de fácil acesso e próximos ao local do evento como Parque Estadual de Vila Velha e ainda, outra sugestão é que os turistas conheçam a Rota da Cerveja, já que Ponta Grossa é referência na produção de cervejas artesanais e tem roteiro para quem gosta de provar sabores diferentes e conhecer a produção das microcervejarias, que é totalmente artesanal na cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected by WP Anti Spam