Tribuna da Notícia

O Seu Jornal na Internet!

Corrida na Roça movimenta área rural em PG

Percursos de seis e 11 quilômetros reservaram belas paisagens aos atletas participantes da Etapa Fazenda Pau Furado, que pela segunda vez foi palco do evento esportivo

Um domingo nublado e ideal para curtir a paisagem princesina. Foi assim que mais de 230 atletas começaram o domingo, largando pontualmente às 8 horas da manhã, com objetivo de completar a prova da 1ª Corrida na Roça 2022 – Etapa Fazenda Pau Furado. O evento movimentou a área rural de Ponta Grossa e abriu para atletas e familiares as portas de uma das fazendas mais tradicionais de toda à Região dos Campos Gerais, que já passa para terceira geração da mesma família.

De acordo com o gerente da Fazenda Pau Furado, Lucas Dzeiubate Pereira, a expectativa é que o evento esportivo cresça ainda mais. “Estaremos de portas abertas para o evento que já acontece aqui pela segunda vez, e que demonstra muita organização”. Segundo ele, a fazenda tem estrutura para receber eventos desse porte, sendo que na área há produção de soja sustentável, milho, feijão, aveia, cevada e trigo. “Estamos buscando certificação da produção de soja sustentável, já com todas as adequações exigidas e assim também queremos divulgar este trabalho e abrir a estrutura para eventos que motivem o esporte, a convivência e o lazer”, enfatiza.

Leomar Martins dos Santos, 29 anos, veio de Imbituva para a corrida. Ele já participou de quase todas as etapas realizadas desde 2017 da Corrida na Roça e já tem 16 troféus. O atleta, que já contabiliza mais de 100 pódios no total, relata que entre o terceiro e o quinto quilômetro da prova deste domingo, foi preciso redobrar o cuidado. “Trecho liso, típico de trilha, mas excelente, muito desafiador”, descreve.

Leonardo Perreto, 20 anos, também foi um dos primeiros a cruzar a linha de chegada. Ele trouxe parentes para assistirem a prova e conhecerem mais da área rural de Ponta Grossa. “Vale muito a pena estar correndo, num trajeto com belas paisagens e desafios, em pleno domingo, é gratificante”, acrescenta.

A atleta Patrícia Rodrigues também não conhecia a paisagem, nem o percurso. “O último quilômetro teve leve subida e foi o trecho mais difícil, mas a paisagem, as condições do tempo e toda a recepção e confraternização que um evento assim proporciona, torna todo esforço muito mais gratificante, sem falar em todos os benefícios à saúde”, detalha.

Silmaria Rita Diniz Ribeiro, de 67 anos, veio acompanhada do esposo Joarez Ribeiro, de 68 anos. Ele praticava futebol, mas nos últimos anos se rendeu à prática da corrida, especialmente, para acompanhar a esposa. Eles participaram da Etapa Fazenda Pau Furado também em 2017. “Vale a pena repetir, porque a paisagem daqui é muito linda, e sair de casa domingo pela manhã pra viver tudo isso é muito bom”, acrescenta.

Ivana lovato, 39 anos, corre desde 2018 e já prestigiou outras etapas na roça. Natural de Ipiranga, é atleta amadora do grupo Ipiranga Ativa. A técnica em enfermagem, pela segunda vez, nas etapas da Corrida na Roça, levou o primeiro lugar geral entre as mulheres. “Estou apaixonada por este percurso, caí três vezes, mas a sensação de estar no campo, em meio a mata, não tem preço, não tem explicação, é a melhor sensação”, descreve. Ela veio em excursão com mais 11 atletas de Ipiranga, sendo nove adultos e duas crianças que participaram da Corrida Kids.

O casal Daniele e Juliano Pereira participou da caminhada, e eles vieram equipados, com cadeirinha especial para corrida, para que pudessem levar junto o pequeno Theo, filho de três anos do casal. “Gostamos de vivenciar a experiência em trilhas, e o pequeno também adora e ano que vem ele poderá, quando completa quatro anos de idade, participar da Corrida Kids, e a expectativa é grande”, explica Daniele.

A diretora do site Você Mais Esporte, Patrícia Biazeto Moreira Diogo, página lançada este mês, destacou também a realização da parceria com a Cavali pró Eventos, já que a página sorteou duas inscrições da primeira etapa 2022. “A marca Cavali é forte em toda a Região dos Campos Gerais e a parceria trouxe excelente resultado, engajamento forte da nossa marca que foi lançada agora e tem como objetivo um trabalho diferenciado de divulgação dos atletas e de todas as modalidades praticadas em Ponta Grossa, onde queremos mostrar quem está por trás do esporte e inspirar pessoas a praticarem as mais diversas modalidades, e nosso objetivo é o mesmo da Cavali, promover o esporte, a atividade física, saúde e qualidade de vida”, completa Patrícia.

Na avaliação de Kleber Cavali, idealizador da Corrida na Roça e diretor da Cavali Pró Eventos, as metas do evento foram cumpridas. “É uma corrida técnica, diferente de correr no asfalto, então quem entra com muita velocidade em alguns trechos pode deslizar, mas não registramos acidentes e a avaliação é de que vale a pena continuar, porque a Corrida na Roça  reúne família e as pessoas vem felizes realizar a prova, mesmo sabendo de todas as dificuldades dos trajetos foram ampliados para seis e 11 quilômetros, com paisagens que motivaram e inspiraram os participantes”, contabiliza.

Ele destaca a participação de atletas de outras cidades na prova, como de Curitiba, Rebouças, Telêmaco Borba, Castro, Colombo, Ipiranga, entre outras cidades da região e do Estado. “Além de promover a saúde e incentivar a prática de esporte, o evento tem meta também turística, com apoio da Lei Municipal de Incentivo a Eventos Geradores de Fluxo Turístico, com aval do Conselho Municipal de Turismo, e nossa meta também foi alcançada, com objetivo de promover a retomada do turismo que aos poucos vem recuperando força, depois da pandemia”, relata.

E segundo Cavali, a partir de agora, os esforços se voltam para a 2ª e 3ª etapas da Corrida na Roça 2022. A próxima acontece no dia 16 de julho, na Fazenda Pedra Verde, que será a Etapa Mercenários. “É uma proposta diferenciada, em um local lindo, próximo da cidade, junto ao Bar Mercenários, e o objetivo é que antes e depois da corrida, os participantes estejam em um ‘happy hour’ com música ao vivo e assim além de competir, os atletas e familiares possam aproveitar ao máximo o lugar, o momento de lazer e a toda a movimentação que a etapa vai proporcionar”, complementa Cavali, lembrando que esta etapa já tem atletas inscritos e segue com as inscrições abertas.

E ainda, os preparativos também já acontecem para a terceira e última fase do circuito que será a Etapa Oak Bier, que será realizada no dia 16 de outubro, e nesta as paisagens a serem exploradas estão no Distrito de Guaragi, área rural de Ponta Grossa.  As inscrições também estão abertas no site https://www.cavaliproeventos.com.br/.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected by WP Anti Spam