Tribuna da Notícia

O Seu Jornal na Internet!

Saúde e bem estar- Enxaqueca

Cleide Vidal Hoinocz Farmacêutica CRF-PR 21811, Pós-graduanda em Farmácia Estética.

Olá queridos leitores!

Muitas pessoas sofrem de cefaléia, a maioria apenas máscara a dor com uso de analgésicos sem saber ao certo o tipo de dor de cabeça e qual o tratamento adequado.

O que é enxaqueca?

Enxaqueca é um tipo de dor de cabeça muito intensa, que causa sintomas secundários, como sensibilidade à luz, náusea e enjôo, também tonturas.

A dor de cabeça causada pela enxaqueca é bem diferente dos outros tipos de cefaléia, podendo ser localizada em apenas um ponto da cabeça e latejante, chegando a incapacitar as atividades diárias do paciente.

No caso da enxaqueca com aura, antes de sentir as dores que são características da enxaqueca, o paciente apresenta alterações em sua visão, enxergando pontos brancos, flashes de luz, pontos cintilantes e outras alterações.

Médicos e pacientes descrevem a enxaqueca com aura como um sinal de alerta para a dor de cabeça característica da enxaqueca.

Quais as causas da enxaqueca?

A enxaqueca é uma doença multifatorial. Além do fator genético, o consumo de alimentos como queijos, embutidos, chocolate, café e adoçantes com aspartame, sono prolongado ou falta de sono, excesso de exposição ao sol, alterações de hormônios, tabagismo, odores fortes e a ingestão de bebida alcoólica podem desencadear uma crise. Transtornos de humor, como ansiedade e depressão, também podem freqüentemente estar associados a um episódio de enxaqueca.

Qual a diferença entre enxaqueca e dor de cabeça?

A principal diferença entre enxaqueca e dor de cabeça é que a enxaqueca, de modo geral, vem acompanhada de outros sintomas que podem trazer bastante incômodo ao paciente, como a sensibilidade à luz e aos cheiros.

Existem relatos de pacientes com crises de enxaqueca que apresentam dor de cabeça de leve a moderada, sendo que o verdadeiro incômodo estava presente nos outros sintomas que caracterizam um quadro de enxaqueca. A enxaqueca é classificada como sendo um tipo de dor de cabeça.

Entre os sintomas de enxaqueca, podemos destacar:

Dor localizada na cabeça, geralmente em um único ponto da cabeça. Essa dor pode ser moderada ou forte e costuma latejar;

Dor que piora quando o paciente se movimenta;

Sensibilidade à luz (fotofobia);

Sensibilidade ao som (sonofobia);

Sensibilidade aos cheiros (osmofobia);

Irritabilidade;

Enjôo, náusea e vômitos.

Na enxaqueca, o paciente pode apresentar apenas um episódio com dois ou três dos sintomas descritos acima. Existem pacientes que possuem enxaqueca crônica, apresentando muitos episódios de enxaqueca, que podem ser incapacitantes e afetar seu dia a dia.

Na enxaqueca com aura além de apresentar os sintomas acima, apresenta também alterações em seu campo visual, que incluem a visualização de pontos luminosos, linhas em ziguezague e pontos escuros ou um embaçamento completo das vistas.

Qual é o tratamento da enxaqueca?

Existem vários medicamentos usados para o tratamento da enxaqueca, porém o tratamento depende da intensidade da dor sentida pelo paciente e também da freqüência das crises de enxaqueca.

Existem pacientes que tomam um remédio e conseguem controlar as dores, enquanto outros podem precisar de uma mudança no estilo de vida ou mesmo na dieta para poder melhorar por completo das crises de enxaqueca.

Pacientes com enxaqueca crônica podem ainda fazer o uso de métodos de tratamento alternativos, como aplicações de toxina botulínica em pontos específicos da cabeça ou mesmo tratamentos como acupuntura para permitir a melhora das crises freqüentes de enxaqueca.

O ideal é procurar ajuda médica para o diagnóstico e tratamento adequado.

Como prevenir a enxaqueca?

A prevenção da enxaqueca é feita por meio da adoção de hábitos saudáveis, como ter uma alimentação balanceada evitando alimentos industrializados, principalmente temperos prontos e respeitar os horários das refeições. Fazer exercícios físicos também pode ajudar.

Um paciente com crises de enxaqueca precisa dormir bem, reservando de sete a nove horas de sono por noite, para que o descanso seja feito por completo.

Trabalhar a questão do estresse e da ansiedade é essencial para que um paciente com enxaqueca evite ter novas crises da doença.

Dúvidas sobre enxaqueca? Venha até a Farmácia Doutor Desconto, estamos à disposição para atendê-los. Pensou Farmácia? Pensou Doutor Desconto!

Gilson Van Haandel, farmacêutico CRF/PR 24703.

Cleide Vidal Hoinocz, farmacêutica CRF/PR 21811

Sigam-nos nas redes sociais

Instagram:@doutordesconto

Facebook: Farmácias Doutor Desconto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected by WP Anti Spam